domingo, 4 de agosto de 2013

Processo de formação das palavras - exemplos e questões

Processos de formação das palavras

A língua portuguesa possui dois processos básicos de formação de palavras: derivação e composição.

a) DERIVAÇÃO: é o processo pelo qual as palavras são formadas pela agregação de afixos (prefixos e/ou sufixo) + a palavra primitiva.

Exemplo: Des (prefixo) + honra (palavra primitiva) = Desonra (palavra derivada)

Há quatro tipos de derivação: prefixal, sufixal, parassintética, regressiva, imprópria.

Prefixal: A derivação prefixal é um processo de formar palavras no qual um prefixo ou mais são acrescentados à palavra primitiva.

Exemplo: re/com/por (dois prefixos), desfazer

Sufixal: A derivação sufixal é um processo de formar palavras no qual um sufixo ou mais são acrescentados
à palavra primitiva.

Exemplos: realmente, folhagem.

Prefixal e Sufixal: A derivação prefixal e sufixal existe quando um prefixo e um sufixo são acrescentados 
à palavra primitiva de forma independente, ou seja, sem a presença de um dos afixos a palavra continua tendo significado.

Exemplo: deslealmente (des- prefixo e -mente sufixo).

Você pode observar que os dois afixos são independentes: existem as palavras desleal e lealmente.

Parassintética: A derivação parassintética ocorre quando um prefixo e um sufixo são acrescentados à palavra primitiva de forma dependente, ou seja, os dois afixos não podem se separar, devem ser usados ao mesmo tempo, pois sem um deles a palavra não se reveste de nenhum significado.

Exemplo: anoitecer ( a- prefixo e -ecer sufixo), neste caso, não existem as palavras anoite e noitecer, pois
os afixos não podem se separar.

Regressiva: A derivação regressiva existe quando morfemas da palavra primitiva desaparecem.

Exemplo: mengo (flamengo), dança (dançar), japa (japonês).

Imprópria: A derivação imprópria, mudança de classe ou conversão ocorre quando palavra comumente usada como pertencente a uma classe é usada como fazendo parte de outra.

Exemplos: coelho (substantivo comum) usado como substantivo próprio em Daniel Coelho da Silva; verde
geralmente como adjetivo (Comprei uma camisa verde.) usado como substantivo (O verde do parque comoveu a todos.)

b) COMPOSIÇÃO:
é o processo que a palavra se forma pela agregação de 2 (ou +) palavras de sentido próprio.



Ex. plano + alto = planalto (palavra composta).

Há dois tipos de composição: justaposição e aglutinação.

A justaposição ocorre quando duas ou mais palavras se unem sem que ocorra alteração de suas formas ou acentuação primitivas.

Exemplos: guarda-chuva, segunda-feira, passatempo.

A aglutinação ocorre quando duas ou mais palavras se unem para formar uma nova palavra ocorrendo alteração na forma ou na acentuação.

Exemplos: fidalgo (filho + de + algo), aguardente (água + ardente)

Palavras cognatas


São as que possuem o mesmo radical, e por isso, diz-se que pertencem a mesma família etimológica.

Exemplos: desejar (verbo), indesejável (adjetivo), desejo (substantivo).

Neologismo

Neologismo é o processo de criação de uma nova palavra na língua devido à necessidade de designar novos objetos ou novos conceitos ligados às diversas áreas: tecnologia, arte, economia, esportes, etc.
Um neologismo é criado através de processos diversos como: justaposição, aglutinação, prefixação, sufixação, abreviação, importação de vocábulos existentes em uma outra língua ou ainda, através de um novo sentido dado a uma palavra já existente.
Faz parte de toda língua viva a criação de novas palavras. Com o tempo, esses neologismos são adicionados ao dicionário e passam a fazer parte do léxico.
O "neologismo popular" é criado pelos próprios falantes, seja nas conversas espontâneas do dia-a-dia, com o uso frequente de gírias, seja na Internet, nas comunicações eletrônicas (chat).
Quando a ciência é responsável pela atribuição de nomes aos novos aparelhos e máquinas inventados, e de introduzir novos termos técnicos na linguagem, dá-se o nome de "neologismo científico" ou "neologismo técnico".
O "neologismo literário" é a criação de novas palavras por escritores, compositores de música e poetas.
"Neologismo estrangeiro" ou "estrangeirismo" são as palavras de outro idioma incorporadas à língua. Algumas são "aportuguesadas", ou seja, muda-se a maneira de escrever original para ser compreendida por todos. Exemplo: futebol (doinglês football), bebê (do inglês baby).
Um neologismo pode também ser classificado de "neologismo completo" (criado de acordo com a forma e o sentido da palavra, por exemplo, microfone) e de "neologismo incompleto" (palavras já existentes no idioma e que tomam novos significados, por exemplo, papudo).
Hibridismo
Consiste na formação de palavras pela junção de radicais de línguas diferentes.
Os hibridismos são, para muitos gramáticos (sobretudo os tradicionais), fato condenável, talvez pela não uniformidade da origem dos elementos que formam o composto, sobretudo provenientes do grego e do latim. Contudo, a bem da verdade, vale dizer que mesmo em se tratando de tais procedências, os falantes já consideram os elementos aportuguesados – dada a recorrência dessas palavras em nosso idioma, visto que já se incorporaram ao nosso léxico. Assim sendo, vejamos alguns casos representativos:

Alcaloide – Álcali (árabe) + óide (grego)
Alcoômetro – Álcool (árabe) + metro (grego)
Autoclave – Auto (grego) + clave (latim)
Bicicleta – Bi (latim) + ciclo (grego) + eta (-ette, francês)
Burocracia – Buro (francês) + cracia (grego)
Endovenoso – Endo (grego) + venoso (latim)
Hiperacidez – Hiper (grego) + acidez (português)
Monocultura – Mono (grego) + Cultura (latim)
Psicomotor – Psico (grego) + motor (latim)
Romanista – Romano (latim) + -ista (grego)
Sociologia – Socio (latim) + -logia (grego)
Zincografia – Zinco (alemão) + grafia (grego)
Além desses mencionados, podemos constatar ainda outros muitos exemplos, como é o caso de abreugrafia(português e grego), goiabeira (tupi e português), sambódromo (quimbundo, língua africana, e grego),surfista (inglês e grego), etc.

ABREVIAÇÃO

Consiste na redução de parte de palavras com objetivo de simplificação.
Exemplo: moto (motocicleta), gel (gelatina), cine (cinema).


             http://www.portugues.com.br
             http://www.coladaweb.com/

Questões de concursos e vestibulares sobre processo de formação de palavras 

1) (CESGRANRIO) Os vocábulos aprimorar e encerrar classificam-se, quanto ao processo de formação de palavras, respectivamente, em: 

a) parassíntese - prefixação 
b) parassíntese - parassíntese 
c) prefixação - parassíntese 
d) sufixação - prefixação e sufixação 
e) prefixação e sufixação - prefixação   

2) (FUVEST) Foram formadas pelo mesmo processo as seguintes palavras: 

a) vendavais, naufrágios, polêmicas 
b) descompõem, desempregados, desejava 
c) estendendo, escritório, espírito 
d) quietação, sabonete, nadador 
e) religião, irmão, solidão 

3) (MACK) As palavras entardecer, desprestígio e oneroso são formadas, respectivamente, por: 

a) prefixação, sufixação e parassíntese      
b) sufixação, prefixação e parassíntese 
c) parassíntese, sufixação e prefixação     
d) sufixação, parassíntese e prefixação 
e) parassíntese, prefixação e sufixação 

4)  (ES-UBERLÂNDIA) Todos os verbos seguintes são formados por parassíntese (derivação parassintética), exceto: 

a) endireitar                          b) atormentar     
c) enlouquecer                     d) desvalorizar 
e) soterrar 

5) (CESGRANRIO) As palavras esquartejar, desculpa e irreconhecível foram formadas, respectivamente, pelos processos de: 

a) sufixação - prefixação - parassíntese 
b) sufixação - derivação regressiva - prefixação 
c) composição por aglutinação - prefixação - sufixação 
d) parassíntese - derivação regressiva - prefixação 
e) parassíntese - derivação imprópria - parassíntese 

6) (VUNESP) Em "... gordos irlandeses de rosto vermelho..." e "... deixa entrever o princípio de uma tatuagem.", os termos grifados são formados, respectivamente, a partir de processos de: 

a) derivação prefixal e derivação sufixal
b) composição por aglutinação e derivação prefixal
c) derivação sufixal e composição por justaposição
d) derivação sufixal e derivação prefixal
e) derivação parassintética e derivação sufixal 

7)  (BB) A palavra "aguardente" formou-se por: 

a) hibridismo                                   b) aglutinação                        
c) justaposição                               d) parassíntese 
e) derivação regressiva 

8) (UFSC) Aponte a alternativa cujas palavras são respectivamente formadas por justaposição, aglutinação e parassíntese: 

a) varapau - girassol - enfaixar 
b) pontapé - anoitecer - ajoelhar 
c) maldizer - petróleo - embora 
d) vaivém - pontiagudo - enfurece 
e) penugem - plenilúdio - despedaça 

9) (UE-PR) "Sarampo" é: 

a) forma primitiva                                b) formado por derivação parassintética 
c) formado por derivação regressiva   d) formado por derivação imprópria 
e) formado por onomatopeia 

10)  (IBGE) Assinale a opção em que todas as palavras se formam pelo mesmo  processo: 

a) ajoelhar / antebraço / assinatura           b) atraso / embarque / pesca 
c) o jota / o sim / o tropeço                     d) entrega / estupidez / sobreviver 
e) antepor / exportação / sanguessuga 

11) (EPCAR) Numere as palavras da primeira coluna conforme os processos de formação numerados à direita. Em seguida, marque a alternativa que corresponde à seqüência numérica encontrada: 

 (    ) aguardente              1) justaposição 
 (    ) casamento              2) aglutinação 
 (    ) portuário                3) parassíntese 
 (    ) pontapé                  4) derivação sufixal 
 (    ) os contras              5) derivação imprópria 
 (    ) submarino              6) derivação prefixal 
 (    ) hipótese 

a) 1, 4, 3, 2, 5, 6, 1                         b) 4, 1, 4, 1, 5, 3, 6             
c) 1, 4, 4, 1, 5, 6, 6                         d) 2, 3, 4, 1, 5, 3, 6 
e) 2, 4, 4, 1, 5, 3, 6

12)   (FFCL) As palavras couve-flor, planalto e aguardente são formadas por: 

a) derivação                     b) onomatopéia
c) hibridismo                    d) composição
e) prefixação 

13) (PUC-RJ) Marque a opção que indica os processos de formação, presentes nas palavras abaixo, pela ordem em que aparecem.
bebidinha - indevassável - banheiro - adormecer. 

a) Parassíntese, prefixação, sufixação, sufixação.
b) Sufixação, parassíntese, sufixação, parassíntese.
c) Sufixação, prefixação e sufixação, sufixação, parassíntese.
d) Prefixação e sufixação, sufixação, prefixação, parassíntese.
e) Parassíntese, sufixação, prefixação, prefixação e sufixação. 

14)  (AMAN) Que item contém somente palavras formadas por justaposição? 

a) desagradável - complemente       b) vaga-lume - pé-de-cabra 
c) encruzilhada - estremeceu           d) supersticiosa - valiosas 
e) desatarraxou - estremeceu 

15) Indique nas colunas à direita o numeral correspondente aos processos de formação  das palavras da coluna da esquerda. Escolha depois a alternativa que apresenta a sequência correta dos numerais:
1.peixe-espada                           (   ) composição por aglutinação
2.livraria                                       (   ) composição por justaposição
3.deter                                          (   ) derivação parassintética
4.planalto                                      (   ) derivação por sufixo
5.desalmado                                (   ) derivação por prefixo

a) 4 -5 -1 -3 –2;
b) 4 - 1 - 5-2- 3;
c) 5- 1 - 3 - 2-4;
d) 3- 2- 1 - 4- 5.
e) 2- 1 - 3- 5-4;

16) Assinale o item em que uma das palavras não completa a série de cognatos:

a) decair — cadente — queda -  caduco                   
b) pedreiro — apedrejar — petrificar - petróleo
c) regimento — regicida — regente — Regina          
d) pedalar — pedestre — bípede — pedicure
e) corante — colorido — incolor — cordial

17) Assinale a alternativa em que todas as palavras são formadas apenas por derivação prefixal:

a) contradizer, extra-oficial, pintura, papel;                 b) ilegal, prefácio, percorrer, progresso;
c) exportar, justapor, bispado, glóbulo;                       d) internacional, anterior, areal, meia;
                                        e) ultrapassar, refazer, advocacia, bronquite.

18) (ESC. FED. ENG. ITAJUBÁ-MG) Dar quatro palavras cognatas de:
 a) poeira:
b) passageiro:

19)  (OBJETIVO) "O embarque dos passageiros será feito no aterro". Os dois termos sublinhados representam, respectivamente, casos de: 
     
 a) palavra primitiva e palavra primitiva 
 b) conversão e formação regressiva 
 c) formação regressiva e conversão 
 d) derivação prefixal e palavra primitiva 
 e) formação regressiva e formação regressiva 

20)  Qual a alternativa em que todas as palavras são formadas por derivação sufixal?:

a) duradoura, inativo, paraquedas, preconcebido.
b) cabecear, celeste, cooperar, objeto.
c) movediço, mourisco, chuvinha, bebedeira.
d) terreno, campal, injusto, conteúdo.
e) hebreu, mineiro, doente, banana.

21) Assinale a opção em que o processo de formação de palavras está indevidamente caracterizado:

a) vaga-lume: composição;
b) cruzeiro: sufixação;
c) palmeira: sufixação;
d) irritação: sufixação;
e) baunilha: sufixação.

22) Grupo de três palavras formadas por DERIVAÇÃO:

a) pesaroso, apelo (subst.), refazer;
b) pontapé, introduzir, cipoal;
c) decímetro, casamento, namoro (subst.);
d) cine, guarda-roupa, infiel;
e) infelizmente, amolecer,varapau.

23) Numere as palavras da primeira coluna conforme os processos de formação numerados à direita. Em seguida, marque a alternativa que corresponde à seqüência numérica encontrada:

( ) outrora                        (1) justaposição
( ) a caça                         (2) aglutinação
( ) pontapé                      (3) parassíntese
( ) planalto                      (4) derivação prefixal
( ) anoitecer                    (5) derivação regressiva.
( ) transcontinental

a) 4, 5, 2, 1, 4, 3;
b) 2, 3, 1, 2, 3, 4;
c) 1, 5, 2, 1, 4, 3;
d) 1, 5, 2, 1, 3, 4;
e) 2, 5, 1, 2, 3, 4.

24) (PUC) Considerando o processo de formação de palavras, relacione a coluna da direita com a da esquerda: 
  
     ( 1 ) derivação imprópria                           ( ) desenredo 
      ( 2 ) prefixação                                           ( ) narrador 
      ( 3 ) prefixação e sufixação                      ( ) infinitamente 
      ( 4 ) sufixação                                             ( ) o voar 
      ( 5 ) composição por justaposição          ( ) pão de mel 
    
  a) 3, 4, 2, 5, 1                                d) 2, 4, 3, 5, 1 
  b) 2, 4, 3, 1, 5                               e) 4, 1, 5, 2, 3 
  c) 4, 1, 5, 3, 2 

25) (FUVEST) As palavras adivinhar - adivinho e adivinhação - têm a mesma raiz, por isso são cognatas. Assinalar a alternativa em que não ocorrem três cognatos: 

 a) alguém - algo - algum 
 b) ler - leitura - lição 
 c) ensinar - ensino, ensinamento 
 d) candura - cândido - incandescência 
  e) viver - vida - vidente 



Gabarito:
1) A       2) D        3) E       4) D       5) D      6) D       7) B       8) D      9) C      10) B     11) E       12) D 13) C      14) B      15) B      16) E      17) B    

18) pó, empoeirar, pozinho, poeirento. b) passar, passante, passado, passagem.
19) E     20) C    21) E     22) A    23) E      24) E     25) A

Um comentário:

  1. Questão 24 e 25 acho que estão erradas, alternativas que acho certo 24) B , 25) E

    ResponderExcluir