sábado, 29 de dezembro de 2012

Classificação dos pronomes


Pronome é a classe de palavras que substitui o substantivo (nome). Tem a finalidade de indicar a pessoa do discurso ou situar no tempo e espaço.
Classificação dos pronomes
Pronome substantivo e adjetivo
Os pronomes substantivos são aqueles que substituem o substantivo, de modo a evitar possíveis repetições que porventura tornam o discurso enfadonho, sem qualidade. Dessa forma, observemos o exemplo que segue:

Meu amigo é um companheiro de todas as horas, mas parece que o seu não é.

Constatamos que o pronome possessivo “seu” teve a função de substituir o substantivo “amigo”. Razão pela qual ele assim se classifica. Agora, aproveitando esse mesmo exemplo, analisemos:

Meu amigo é um companheiro de todas as horas.

Notamos que o pronome em destaque acompanha o substantivo “amigo”. Diante de tal característica afirmamos que ele se classifica como pronome adjetivo, ou seja, é aquele que acompanha ou modifica um substantivo.


Ex2: Minha caneta é vermelha, aquelas canetas são vermelhas.

Os pronomes variam em gênero, número e pessoa.

Pronomes pessoais - representam as pessoas do discurso (primeira, segunda ou terceira): eu, tu, ele/ela, nós, vós, eles/elas.
Ex: Eu não cansei de correr! 
Pronomes oblíquos: assumem as funções de complementos, como o objeto direto, o objeto indireto, o agente da passiva, o complemento nominal.
Ex: Há anos ele não se move tão rápido! (complemento do verbo mover)
Vejamos um quadro com os pronomes pessoais da língua portuguesa:

PRONOMES PESSOAIS
NúmeroPessoaRetosOblíquos
Átonos (usados sem preposição)Tônicos (usados com preposição)
SingularEumemim, comigo
Tuteti, contigo
Ele/elao, a, lhe, sesi, ela, ele, consigo
PluralNósnosnós, conosco
Vósvosvós, convosco
Eles/elasos, as, lhes, sesi, eles, elas, consigo

Pronomes de tratamento - indicam o tratamento formal ou informal. São eles: 
:
Pronomes de tratamentoAbreviatura
Singular
Abreviatura
Plural
Usados para:
VocêV.VV.Usado para um tratamento íntimo, familiar.
Senhor, SenhoraSr., Sr.ªSrs., Srª.sPessoas com as quais mantemos um certo distanciamento mais respeitoso
Vossa SenhoriaV. S.ªV. Sª.sPessoas com um grau de prestígio maior. Usualmente, os empregamos em textos escritos, como: correspondências, ofícios, requerimentos, etc.
Vossa ExcelênciaV. Ex.ªV. Ex.ªsUsados para pessoas com alta autoridade, como: Presidente da República, Senadores, Deputados, Embaixadores, etc.
Vossa EminênciaV. Em.ªV. Em.ªsUsados para Cardeais.
Vossa AltezaV. A.V V. A A.Príncipes e duques.
Vossa SantidadeV.S.       -Para o Papa.
Vossa ReverendíssimaV. Rev.mªV. Rev.mªsSacerdotes e Religiosos em geral.
Vossa PaternidadeV. P.VV. PP.Superiores de Ordens Religiosas.
Vossa MagnificênciaV. Mag.ªV. Mag.ªsReitores de Universidades
Vossa MajestadeV. M.V V. M M.Reis e Rainhas.

Observação importante:
# O pronome de tratamento concorda com o verbo na 3ª pessoa. Por exemplo:Vossa Senhoria está feliz.
#Quando se referir à 3ª pessoa, o pronome de tratamento é precedido de sua:
Sua Majestade, a rainha da Inglaterra, chega hoje ao Brasil.



Pronomes possessivos - indicam posse de algo: meu, teu, sua, vosso...
Pronomes demonstrativos – indicam a posição de algo, situando no espaço e tempo: este, isso, aquilo...
Pronomes relativos – são aqueles que se referem a um termo mencionado anteriormente. Observe o quadro abaixo:
Quadro dos Pronomes Relativos
Variáveis
Invariáveis

Masculino

Feminino
o qual
cujo
quanto
os quais
cujos
quantos
a qual
cuja
quanta
as quais
cujas
quantas
quem
que
onde

Note que:

a) O pronome que é o relativo de mais largo emprego, sendo por isso chamado relativo universal. Pode ser substituído por o qual, a qual, os quais, as quais, quando seu antecedente for um substantivo.
Por exemplo:
O trabalho que eu fiz refere-se à corrupção. (= o qual)
A cantora que acabou de se apresentar é péssima. (= a qual)
Os trabalhos que eu fiz referem-se à corrupção. (= os quais)
As cantoras que se apresentaram eram péssimas. (= as quais)

b) O qual, os quais, a qual e as quais são exclusivamente pronomes relativos: por isso, são utilizados didaticamente para verificar se palavras como "que", "quem", "onde" (que podem ter várias classificações) são pronomes relativos. Todos eles são usados com referência à pessoa ou coisa por motivo de clareza ou depois de determinadas preposições:
Por exemplo:
Regressando de São Paulo, visitei o sítio de minha tia, o qual me deixou encantado. (O uso de queneste caso geraria ambiguidade.)
Essas são as conclusões sobre as quais pairam muitas dúvidas? (Não se poderia usar que depois de sobre.)

c) O relativo "que" às vezes equivale a o que, coisa que, e se refere a uma oração.
Por exemplo:
Não chegou a ser padre, mas deixou de ser poeta, que era a sua vocação natural.
d) O pronome "cujo" não concorda com o seu antecedente, mas com o consequente. Equivale a do qual, da qual, dos quais, das quais.
Por exemplo:
Este é o caderno cujas folhas estão rasgadas.
(antecedente) (consequente)
e) "Quanto" é pronome relativo quando tem por antecedente um pronome indefinido: tanto (ou variações) e tudo:
Por exemplo:
Emprestei tantos quantos foram necessários.
(antecedente)
Ele fez tudo quanto havia falado.
(antecedente)
f) O pronome "quem" refere-se a pessoas e vem sempre precedido de preposição.
Por exemplo:
É um professor a quem muito devemos.
(preposição)
g) "Onde", como pronome relativo, sempre possui antecedente e só pode ser utilizado na indicação de lugar.
Por exemplo:
A casa onde morava foi assaltada.
h) Na indicação de tempo, deve-se empregar quando ou em que.
Por exemplo:
Sinto saudades da época em que (quando) morávamos no exterior.
i) Podem ser utilizadas como pronomes relativos as palavras:
- como (= pelo qual)
Por exemplo:
Não me parece correto o modo como você agiu semana passada.
- quando (= em que)
Por exemplo:
Bons eram os tempos quando podíamos jogar videogame.
j) Os pronomes relativos permitem reunir duas orações numa só frase.
Por exemplo:
O futebol é um esporte.
O povo gosta muito deste esporte.
O futebol é um esporte de que o povo gosta muito.
k) Numa série de orações adjetivas coordenadas, pode ocorrer a elipse do relativo que.
Por exemplo:
A sala estava cheia de gente que conversava, (que) ria, (que) fumava.

Pronomes indefinidos – indicam algo de modo vago: ninguém, alguém, qualquer...
Pronome interrogativos – servem para interrogar: quem, que, qual...
Os pronomes interrogativos podem ser ainda: substantivos ou adjetivos quando acompanhados de um substantivo: Observe:
1. Quem lavou minhas roupas? = pronome substantivo
2. Quantos meses faz que você não lava sua roupa? = pronome adjetivo
Na primeira oração o pronome interrogativo substitui um possível substantivo na resposta à pergunta: “Quem lavou?” “Alguém lavou: mãe, pai, serviço de lavanderia, etc”.
Na segunda oração temos o pronome adjetivo “quantos”, pois acompanha o substantivo “meses”.
questões sobre pronomes
1) ”Os outros é QUE me chamam de Zé”. A palavra destacada é:
a) pronome indefinido substantivo e sujeito.
b) pronome indefinido adjetivo e adjunto adnominal
c) pronome relativo e sujeito
d) pronome relativo e objeto indireto
e) pronome possessivo e sujeito.
2) ”Pega ____ cadeira ali na outra sala e põe-____ aqui perto de mim.
a) Essa – a
b) Essa – la
c) Esta – la
d) Aquela – a
e) Aquela – na
3) (Univ. Fed. Viçosa) Assinale o item em que há erro no emprego do pronome demonstrativo:
a) (   ) Paulo, que é isso que você leva?
b) (   ) “Amai vossos irmãos”! são essas as verdadeiras palavras de amor.
c) (    ) Trinta de dezembro de 1977! Foi significativo para mim esse dia.
d) (    )  Pedro, esse livro que está com José é meu.
e) (    ) Não estou de acordo com aquelas palavras que José pronunciou.
4) Preencha as lacunas utilizando corretamente os pronomes demonstrativos:
a) _________ é a pessoa da qual lhe falei.
b) Não conseguiremos encontrar ________________estimados professores, pois eles já não trabalham mais aqui.
c) Empreste-me _____________livro? Há muito tento encontrá-lo.
d) Olha! Quem são _____________________convidados que acabaram de chegar?
e) ___________ foi o aluno destaque deste ano, desejas entrevistá-lo?
5) (ETF-SP) Em "O casal de índios levou-os à sua aldeia, que estava deserta, ondeofereceu frutas aos convidados", temos:
a) dois  pronomes possessivos e dois pronomes pessoais
b) um pronome pessoal, um pronome possessivo e dois pronomes relativos
c) dois pronomes pessoais e dois pronomes relativos 
d) um pronome pessoal, um pronome possessivo, um pronome relativo e um pronome interrogativo
6) (TRT) Destaque a frase em que o pronome relativo está empregado corretamente:
a) É um cidadão em cuja honestidade se pode confiar.
b) Feliz o pai cujos filhos são ajuizados.
c) Comprou uma casa maravilhosa, cuja casa lhe custou uma fortuna.
d) Preciso de um pincel delicado, sem o cujo não poderei terminar meu quadro.
e) Os jovens, cujos pais conversei com eles, prometeram mudar de atitude.
7) (TRT) Assinale o período em que foi empregado o pronome relativo inadequado:
a) O livro a que eu me refiro é Tarde da Noite.
b) Ele é uma pessoa de cuja honestidade ninguém duvida.
c) O livro em cujos dados nos apoiamos é este.
d) A pessoa perante a qual comparecemos foi muito agradável.
e) O moço de cujo lhe falei ontem é este.
8) (TRT) A desigualdade jurídica do feudalismo ..... alude o autor se faz presente
ainda hoje nos países ..... terras existe visível descompasso entre a riqueza e a pobreza.
Tendo em vista o emprego dos pronomes relativos, completam-se corretamente as lacunas da sentença acima com:
a) a qual / cujas d) o qual / por cujas
b) a que / em cujas e) ao qual / cuja as
c) à qual / em cuja as
9) (UDESC 2009) Assinale a alternativa em que o pronome oblíquo lhe está no lugar do pronome oblíquo o ou a, em desacordo com as orientações da norma culta.
a) Pediu a Rita que lhe explicasse tudo.
b) Então ela declarou-lhe que não voltaria mais.
c) O cocheiro propôs-lhe voltar a primeira travessa, e ir por outro caminho.
d) Ele, para lhe ser agradável, estava sempre discretamente afastado.
e) Vejamos o que lhe trouxe aqui.
10) (FCC 2009) Está correto o emprego de ambos os elementos sublinhados em:
a) Os modos de ser com que se apropria a gente da cidade são os que lhes parecem mais civilizados.
b) Enfraquecida, a cultura caipira cujos valores tanta gente se encantou, cede lugar às modas citadinas, de que quase todos tomam como parâmetro.
c) A moda sempre existiu, sempre haverá quem a adote, assim como sempre haverá quem não lhe poupe o aspecto de superficialidade.
d) A moda, cujos os valores são sempre efêmeros, define as maneiras de vestir e pensar de que se comprazem os citadinos.
e) Vive-se num tempo onde as mudanças são tão rápidas que fica difícil acompanhar-lhes em sua velocidade.
11) (ACAFE 2009) Assinale a frase em que o pronome destacado em negrito está corretamente empregado.
a) Esse projeto é de 1998, onde a avenida ainda não tinha sido construída.
b) Amigo, me permita abraçar-lhe e cumprimentar-lhe pelo sucesso de seu livro.
c) Segundo o relatório técnico, tanto o prédio da prefeitura quanto o terminal rodoviário precisam de reparos: este localizado no final da Av. Salomé; aquele, no alto da Praça 23 de Maio.
d) Senhor Diretor, vosso filho já lhe telefonou e pediu para o avisar que vai atrasar-se.
e) Sem garantias mínimas de sua parte, nós não vamos poder se comprometer com a entrega do carro para ti no prazo
12) (MACK) A única frase em que há erro no emprego do pronome oblíquo é:
a) Eu o conheço muito bem.
b) Devemos preveni-lo do perigo.
c) Faltava-lhe experiência.
d) A mãe amava-a muito.
e) Quando diria-nos a verdade?
13) (UFPB 2009) Leia:
“O mesmo Senhor o disse: [...] Eu não vim a ser servido, senão a servir. E todos estes que me seguem e me assistem, todos estes que eu vim buscar, e me buscam, eu sou o que os sirvo a eles, e não eles a mim.”.
Quanto ao emprego das formas pronominais que e me, destacadas no fragmento, identifique com V a(s) afirmativa(s) verdadeira(s) e com F, a(s) falsa(s):
(   )   O pronome que pode ser substituído pela forma “os quais”, sem alterar o sentido do fragmento.
(   )   O pronome me, nas três ocorrências, refere-se ao termo Eu.
(   )   O pronome me, na primeira ocorrência, refere-se à expressão todos estes.
(   )   O pronome que estabelece a coesão textual, retomando a expressão todos estes.
A seqüência correta é:
a) VVFV
b) FVVF
c) VVFF
d) FFVV
e) VFVF
14) (Cesgranrio) Assinale a opção em que o pronome lhe apresenta o mesmo valor significativo que possui em: “uma espécie de riso sardônico e feroz contraía-lhe as negras mandíbulas”.
a) A mãe apalpava-lhe o coração.
b) Aconteceu-lhe uma desgraça.
c) Tudo lhe era indiferente.
d) Ao inimigo não lhe rogo perdão.
e) Não lhe contei o susto por que passei.
Gabarito:
1) A  2) E  3) C  4) a) Esta é pessoa da qual lhe falei.  b) Não conseguiremos encontrar aqueles estimados professores, pois eles já não trabalham mais aqui.  c) Empreste-me esse livro? Há muito tento encontrá-lo.  d) Olha! Quem são aqueles convidados que acabaram de chegar? e) Este foi o aluno destaque deste ano, desejas entrevistá-lo?  5) B   6) A  7) E   8) B  9) E  10) C  11) C  12) E 13) A  14) A




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário